Como Funciona?

O balão inflado ocupa um espaço dentro do estômago que seria do alimento, causando saciedade precoce.

O balão é colocado e retirado por endoscopia, não exigindo afastamento das atividades do dia-a-dia. Deve ser utilizado em conjunto com uma dieta de longa duração, supervisionada por médicos e nutricionistas, e de um programa de exercícios físicos.





Com o propósito de aumentar a possibilidade de manutenção da perda de peso por um longo tempo.

A colocação do balão é, portanto, o procedimento inicial de um tratamento multiprofissional que terá 6 meses de duração (tempo máximo de permanência do balão).

Indicações:

Pacientes com IMC maior que 28, refratários ao tratamento clínico por pelo menos dois anos, que apresentem doenças associadas a obesidade

Pacientes com IMC acima de 35 associado a co-morbidades ou acima de 40, há pelo menos dois anos, que apresentem contra-indicações ou não aceitem o tratamento cirúrgico

Preparo de pacientes com obesidade extrema (IMC > 50), para posterior cirurgia de restrição gástrica e/ou disabsorção. Redução de risco anestesiológico de pacientes obesos com doenças associadas e que necessitam submeter-se a algum procedimento cirúrgico (cirurgia geral, ortopédica, cardiovascular, ginecológica, urológica, entre outros.

balão intragástrico